Romance de Época

Entre a Ruína e a Paixão

IMG-20160809-WA0010
Um cavalheiro sedutor e irresistível. Uma bela dama com olhos inesquecíveis. Um duque acusado de assassinato. Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Uma noite com o poder de alterar suas vidas irremediavelmente.

Ao acordar desmemoriado e sozinho, em uma cama desconhecida com lençóis ensanguentados, Temple é acusado de assassinato e, consequentemente, banido da Sociedade. Doze anos depois, restituída sua fortuna e seu poder como um dos donos do maior antro de jogatina de Londres, a única pessoa capaz de provar sua inocência ressurge, assim como seu ânimo por vingança.
Após mais de uma década vivendo às escuras, Mara Lowe precisa recuperar a fortuna da família que seu irmão perdeu nas mesas do cassino do homem a quem arruinou, e, aparentemente, sua única alternativa é se revelar.  O interesse mútuo é suficiente para entrarem em um acordo que pode revelar mais do que ambos esperam receber do outro. Um acordo que, assim como aquela noite, há doze anos, em que se conheceram, pode desafiar a ordem de seus mundos e pôr em dúvida suas próprias prioridades e princípios.

“Você está querendo me intimidar, para que eu concorde com você?”  
“Está funcionando? 
Mara engoliu em seco e ele resistiu ao impulso de tocar-lhe o pescoço. “Não.” 
“Os homens tremem à mera menção do meu nome, sabia?” 
Ela riu. 
“Se te vissem agora, embalando uma porquinha, talvez perdessem o medo.”  

Temple quer sua vingança, mas não mais do que Mara quer seu dinheiro de volta. Conhecido por sua inabalável força e irredutibilidade, parece que Temple encontrou um opositor à altura.  Mara passou anos se escondendo da Sociedade, em busca da sua liberdade (não que a culpa a tivesse permitido isto com plenitude), mas ela tinha com o que se importar e lutar. E, assim como Temple, ela tinha aprendido a se virar sozinha.

Temple é um lutador profissional, e Mara é uma mulher audaciosa. Apesar de serem inimigos incomparáveis, parece não haver nada que os diferem. O que grandemente me atraiu no livro. Há neles uma honestidade e uma realidade pura que torna o livro ainda mais encantado. Todas as máculas que demarcam o passado deles os tornam ainda mais vivos e autênticos.

Apesar de avessa à violência, não pude deixar de amar o grandalhão que Temple é. O que me surpreendeu.  Ele é um homem valente, ambicioso, um verdadeiro canalha. Mas também é doce, gentil, protetor e honesto. As trocas que há entre ele e Mara são adoráveis. É como estivessem em uma sincronia absurda, não só na sedução, como em suas discussões. Não há nada que os abale a não ser o outro, não que isso seja aparente. Ambos imponentes, destemidos, com uma língua ferina e um sarcasmo de delirar.

Achei que a autora fez um desenvolvimento fantástico, colocando elementos inusitados, e tornando o livro surpreendente. Templo e Mara são como “anti-heróis”, marcados por uma vida de esforços e com sonhos genuínos. A autenticidade de suas ações me fez em muitos momentos gargalhar, bem como ficar estupefata, de boca aberta. É inevitável não querer entrar na bolha que suas existências parecem ser. A Sociedade parece pouco importar ao leitor, quando há tanta coisa naturalmente bela e boa no mundo dos dois.

Mesmo depois de encerrar a leitura, sinto-os vivos em mim.

Este é o terceiro livro da série O Clube dos Canalhas. Uma série incrível que abrange os dois lados da Sociedade londrina no período do século XIX. A autora, Sarah MacLean, fez um trabalho indescritível ao nos fornecer um conteúdo crível e fantástico.

Por que você se importa se ela vai ficar ou ir embora?”
Temple encarou West.
“Um dia, a mulher que você ama vai escorregar por entre seus dedos, e eu vou lhe fazer a mesma pergunta.”

Título original: No Good Duke Goes Unpunished
Autor: Sarah MacLean
Páginas: 288
Editora: Gutenberg
Edição: 1ª, 2014

PDF

download-horz

#1 Entre o Amor e a Vingança
#2 Entre a Culpa e o Desejo
#3 Entre a Ruína e a Paixão
#4 Nunca Julgue uma Dama pela Aparência

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s