Young Adult

Minha Vida Fora de Série

a7ebf8_cd3bedfe894248079f56afb8f4cf5cf9.jpgCom o divórcio de seus pais, Priscila teve que se mudar com a mãe para um apartamento em Belo Horizonte, Minas Gerais. E em seu aniversário de 13 anos, o que mais deseja é voltar para São Paulo. A mudança não é um processo fácil, principalmente para ela que deixou suas amigas, uma grande casa, seus animais de estimação… Sua única esperança é sua prima, Marina, que a recebe de braços abertos. Entretanto, ela terá que aprender a andar sozinha. Os primeiros meses são significativos para a compreensão de que antes de realmente andar, existirão quedas, e que elas servirão para por à prova sua verdadeira natureza.

 “É normal querer estar em dois lugares ao mesmo tempo?”  Priscila.

As primeiras cem páginas transcorrem de modo bastante fluído; é narrado o período das férias escolares e, depois, a adequação à nova escola, trazendo momentos bastantes críveis e realistas.

Muitas das coisas que acontecem com a Priscila podem acontecer vida real e nem percebermos o significado ou a importância de cada uma delas. E é isso o que mais me cativou nessa história, a capacidade que a Paula Pimenta teve em mudar minha visão, em mostrar o quanto pode ser renovador um ano na escola, uma mudança, uma atitude, uma iniciativa, uma aceitação.

 “Eu acho que pouco a pouco estou aprendendo que nós decidimos como a nossa vida vai ser. Algumas coisas acontecem, mas o que importa são as nossas reações” Felicity.

As atitudes da Pri, muitas vezes, me fizeram refletir e, inclusive, acatar algumas lições por meio dos seus erros. O enredo permite ver e sentir a importância das amizades, dos diálogos abertos, da presença dos pais e da relação entre irmãos.
A narrativa é suave, realista e doce, e dá muita vasão a risos e gargalhadas!

A diagramação do livro é super adequada para a história: dá uma sensação de conforto, diversão e contemporaneidade, é também meiga. Os capítulos são bem curtinhos e isso é bastante animador; na marcação de capítulos há trechos de séries, o que tem tudo a ver com a protagonista. Eles são incríveis, uma vez que nos dá uma super curiosidade de querer saber o que está por vir. As páginas são recheadas com conversas pelo ― falecido, clássico e queridíssimo ― MSN, por mensagens, cartinhas, bilhetes e emails, o que dá um clima teen.

Provavelmente, a Paula foi a escritora que mais me fez sentir arrependimento por demorar tanto a entrar no universo da leitura.

Título original: Minha vida fora de série
Autor: Paula Pimenta
Páginas: 408
Editora: Gutenberg
Edição: 4ª, 2012.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s